Intolerância religiosa provoca incêndio em Terreiro na Baixada Fluminense

0
5

No último domingo (06) um terreiro de umbanda foi incendiado em Nova Iguaçu na Baixada Fluminense. De acordo com Emilson Furtado, pai de santo da Tenda Espírita Pai Joaquim de Angola, o que aconteceu no templo foi um incêndio criminoso motivado por intolerância religiosa.

Em relato lamentando o ocorrido, o pai de santo diz que soube do incêndio por uma filha que mora em frente ao terreiro. “Estava no trabalho, ela me ligou contando que estava pegando fogo e eu vim correndo. Quando não encontrei quase nada mais, foi horrível”, comenta.

Segundo o Jornal O Dia, Emilson registrou ocorrência na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) no Centro do Rio. Nas redes sociais, o Babalawo Ivanir dos Santos lamentou o episódio. “Infelizmente não é o primeiro caso na região. Exigimos o máximo de apurações sobre o caso”, disse babalawo.

Após o episódio, Emilson fez uma vaquinha online para levantar recursos para reconstruir o terreiro. Ele também pede doações de roupas, imagens, guias e atabaques.”Toda ajuda é bem vinda”, ressalta.

A vaquinha online está disponível no [ link ]