Nova Friburgo: Pai denuncia racismo de PMs contra filha

0
5

Na última quinta-feira (03), em Nova Friburgo (Região Serrana), o pastor Matheus Peixe usou suas redes sociais para denunciar o caso de racismo sofrido por sua filha, de 21 anos, ao ser injustamente acusada de ter roubado um celular que havia acabado de comprar.

Segundo Peixe , os PMs do 11º BPM foram bastante agressivos com a filha, chegando, inclusive, a revistá-la, “Eles indagavam a ela ‘de quem você roubou esse celular?'”

A filha de peixe teve que abrir as conversas para mostrar que não roubou o celular, “para mostrar inclusive o pedido (de compra) que eu fiz pela Internet. Foi duvidada do início ao fim a colocação dela”.

Após a repercussão do caso, o 11º BPM afirmou que assim que tomou conhecimento dos vídeos, “determinou imediatamente a instauração de um procedimento para apurar as circunstâncias do fato”.

Em nota, ainda reforçou que “A Assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar esclarece que a corporação, como tem demonstrado ao longo de sua história, não compactua e pune com o máximo rigor desvios de conduta cometidos por seus membros”.