STJ decide que Witzel deve continuar afastado do cargo

0
8

Na sexta (28), Wilson Witzel havia sido afastado por 180 dias do cargo de governador do Rio de Janeiro por decisão do ministro Benedito Gonçalves. Nesta quarta (2), por 14 votos a 1, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu pela manutenção do afastamento de Witzel.

Saiba mais sobre a votação do STJ: [ aqui ]

Além do afastamento de Witzel, o Supremo expediu 17 mandados de prisão e outros 83 mandados de busca e apreensão para apuração de esquema de corrução no entorno da Secretaria de Saúde do Estado do RJ. Também, a própria Procuradoria Geral da República denunciou nove pessoas supostamente envolvidas nos atos de corrupção.

Para a Procuradoria Geral da República, o governo do Rio arquitetou um esquema de propina para contratação e liberação de pagamentos a organizações sociais (OSs). Além da área de Saúde, a investigação se estende à denúncias de desvio também na área da Educação do RJ.