Covardia: Tiros para cima em baile funk podem atingir moradores

0
9

A 25ª DP (Engenho Novo) investiga imagens de um baile funk supostamente ocorrido no Jacaré, no qual frequentadores armados atiram para cima enquanto cantores de funk se apresentam num palco no meio da rua. Uma multidão de jovens dança, e outros gravam as imagens com celulares. 

O vídeo começou a ser compartilhado nas redes sociais no sábado 7. As imagens mostram menores de idade aparecem tampando os ouvidos no momento dos disparos. Internautas dizem que foi na madrugada de sábado, no Jacaré, Zona Norte do Rio, mas a Polícia Civil ainda não confirmou data e horário do crime. 

Episódios assim geram uma enorme quantidade de balas perdidas, que naturalmente podem atingir qualquer pessoa. As balas também podem furar caixas d’água e gerar prejuízos, especialmente para as pessoas em situação financeira mais difícil. 

É uma covardia, praticada com pistolas que são proibidas em quase todos os lugares do mundo, mas entram clandestinamente no Rio de Janeiro, sem que as autoridades consigam impedir.